domingo, 23 de janeiro de 2011

Heráclito e Parmênides

Acreditando que tudo flui, Heráclito, metaforicamente deposita crédito no fogo com elemento comum em todas as coisas. De uma personalidade forte era um homem excêntrico, tachado de “Obscuro”, Heráclito foi um filósofo de poucos amigos que não seguiu nenhuma escola da época. Não se pode entrar duas vezes em um mesmo rio, dizia Heráclito, pois, as águas nunca são as mesmas. Heráclito acreditava que a vida era um interminável circulo de nascimento e morte, criação e destruição, Parmênides era totalmente oposto, acreditava que tudo era estagnado. O ser é imutável e constante e que isso que se entende como mudança nada mais é que pura ilusão. Para Parmênides o mundo podia ser observado de duas formas propondo a pergunta “é” ou “não é”, o que “é” pode ser pensado, o que “não é” não pode ser pensado.


video


Nenhum comentário:

Postar um comentário